Almoçar no Comboio Presidencial, no Douro, à mesa do Chef Koschina

Um produto turístico exclusivo e de excelência que associa, de forma inédita em Portugal, uma viagem pelas paisagens inigualáveis do Douro a bordo do Comboio Presidencial, à gastronomia do Chef Dieter Koschina do VILA JOYA com uma prova de alguns dos mais distintos vinhos Niepoort.

Esta experiência única apenas poderá ser realizada entre Abril e Maio de 2016, e terá um número limitado de inscrições.

Idealizado tendo em vista os apreciadores nacionais e internacionais de alguns dos melhores ingredientes da oferta turística nacional, como a riqueza paisagística e vitivinícola do Douro, património da humanidade, a par da gastronomia e história, este novo produto é, para Gonçalo Castel-Branco, responsável do projecto, “uma oportunidade única de experimentar o melhor de Portugal” combinando numa “espécie de triângulo perfeito três pilares inigualáveis e de excelência: na gastronomia quer o Vila Joya quer os vinhos Niepoort e os Portos Taylors, no turismo o destino Douro e as suas tremendas paisagens, e a história portuguesa com o incrível comboio presidencial”.

O percurso, com partida da Estação de São Bento no Porto até à Estação do Pinhão, permite (re)descobrir as paisagens do Douro, cada vez mais um destino de eleição para turistas nacionais e estrangeiros, como atestam os números de crescimento nos diversos indicadores turísticos, com valores que se destacam acima da média nacional.

Ao longo da viagem os passageiros terão oportunidade de desfrutar de um menu de degustação com as melhores iguarias com assinatura do conceituado Chef do Vila Joya.

O restaurante Vila Joya, com 2 estrelas Michelin, integrou uma vez mais em 2015 a prestigiada lista The World´s 50 Best Restaurants, tendo sido considerado em 2014 o 22.º melhor restaurante do Mundo.

O austríaco Dieter Koschina é também o único Chef em Portugal com 2 estrelas Michelin consecutivos há 12 anos. A par da componente gastronómica, os viajantes poderão também saborear, numa harmonização de vinhos, alguns dos melhores néctares da conceituada marca Niepoort, bem como os premiados portos da marca Taylors, duas referências centenárias no panorama vitivinícola nacional e internacional.

Resultante de um projecto do Museu Nacional Ferroviário, O Comboio Presidencial, um dos ex-libris da colecção, foi integralmente restaurado e, para além de se encontrar em exposição neste museu, está apto a circular em toda a rede ferroviária nacional.

Esta composição de elevado valor histórico e patrimonial constitui um projecto inédito em Portugal, tendo recebido o Prémio APOM – Associação Portuguesa de Museologia, para o melhor projecto de restauro 2014.

A EMEF procedeu ao restauro integral dos seis veículos que incorporaram a composição, incluindo a reconstituição dos interiores, a reintegração de revestimentos e equipamentos, e a reprodução de alguns objectos em falta, à luz da imagem que teria na década de 70, período final do uso deste equipamento enquanto tal.

A EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamentos Ferroviários, S.A. é a empresa portuguesa referência do sector da manutenção e reabilitação de material circulante ferroviário, reparação de rotáveis e fabrico de vagões, que procedeu à reabilitação integral do Comboio Presidencial, actuando igualmente noutros sectores de actividade
enquanto reparadora de um vasto universo de componentes mecânicos e electromecânicos.

Segundo António Ramalho, Presidente da Infraestruturas de Portugal, entidade gestora das Infraestruturas ferroviárias e rodoviárias do país: “É com grande satisfação que a Infraestruturas de Portugal apoia esta original iniciativa.

Saborear o melhor da gastronomia portuguesa, admirar a maravilhosa paisagem do Douro a bordo do magnífico Comboio Presidencial, numa viagem com partida e chegada de duas das mais belas Estações Ferroviárias do mundo, a Estação de São Bento, que comemora o seu primeiro centenário em 2016, e a Estação do Pinhão, será certamente uma experiência marcada por momentos únicos.

A viagem de comboio pela Linha do Douro é um percurso inesquecível que permite apreciar, de um ângulo original, as belas paisagens do Douro Vinhateiro, Património da Humanidade.

Esta Linha, considerada uma das obras-primas da engenharia ferroviária portuguesa do século XIX e cuja gestão está a cargo da Infraestruturas de Portugal, é um ex-líbris turístico do país, pela magnífica paisagem em que se inscreve e pelo legado histórico que representa.

Algumas estações desta Linha impõem-se como atractivos ímpares, como é o caso da Estação do Pinhão, decorada com um dos mais belos conjuntos de azulejos ferroviários de Portugal, da autoria de J. Oliveira, datados de 1937.

Esta experiência única também está disponível para grupos e para o segmento empresarial, constituindo-se como o programa ideal para reunir amigos, ou para dinamização de eventos corporativos para colaboradores, parceiros ou clientes.

O valor do Programa é de 350€ por pessoa.

Saiba mais aqui.