‘Passagem Reserva tinto 2013’ eleito um dos “50 Melhores Vinhos de Portugal para os EUA”

Em simultâneo nos dois países, foi ontem divulgada a lista dos “50 Melhores/Grandes Vinhos de Portugal para os EUA”, uma iniciativa levada a cabo pela ViniPortugal para promover os vinhos portugueses nesse mercado.

O Douro soube posicionar-se, tendo sido eleitos dezoito vinhos de mesa e quatro Portos. Entre os gloriosos DOC Douro, está o ‘Passagem Reserva tinto 2013’, um néctar que surpreendeu o painel de jurados, que nesta edição foi composto por três Master Sommeliers americanos: Dennis Kelly, Madeline Triffon e Peter Granoff.

O ‘Passagem Reserva tinto 2013’ foi lançado no final do ano passado, estando ainda – não se sabe se por muito tempo – disponível e com um altamente recomendado preço de €12,00.

Importa reforçar que este é um vinho – e uma marca, com mais duas referências: um Reserva branco e um Porto Vintage – com a dupla assinatura da gestora Sophia Bergqvist (Quinta de la Rosa) e do enólogo Jorge Moreira (Poeira), nascida de uma joint venture que criaram há dez anos para “desbravar” o terroir vitivinícola do Douro Superior. Nascia então um novo projecto, com vinha plantada na Quinta das Bandeiras, no Pocinho.

Um tinto que revela a exuberância e intensidade típica do Douro Superior; um vinho jovem que ainda vai ganhar complexidade e que apresenta frescas e originais notas apimentadas e a hortelã. Cheio de energia e sabores, é evidente a bergamota tão característica da Touriga Nacional, que assume o papel principal neste blend ao qual se juntam a Touriga Franca (25%) e o Sousão (5%). Na boca é sério e estruturado, estando ainda a dar os primeiros passos no seu longevo percurso.

De uma forma geral, os vinhos que nascem na sub-região do Douro Superior caracterizam-se por serem frutados, aromáticos e expressivos. Assumidamente de terroir, os ‘Passagem’ são expressivos, directos e elegantes q.b..

A filosofia do enólogo Jorge Moreira passa por analisar a vinha, captando o seu potencial, e a partir daí desenhar vinhos com um estilo próprio tirando o maior partido do que as uvas têm para dar.