QM Homenagem, um Alvarinho de topo

O reconhecido enólogo Aníbal Coutinho pontuou o Alvarinho QM Homenagem 2014 com 94 pontos, no seu «Guia Copo & Alma», onde elenca apenas os melhores vinhos para consumir ao longo do ano 2016.

Esta elevada pontuação, atribuída por um dos mais reputados enólogos portugueses, destaca este monocasta e coloca-o em primeiro lugar na sua categoria.

Produzido pela Quintas de Melgaço, este Alvarinho rompe com os cânones e revela todo o esplendor e potencial da casta.

Concebido para homenagear o fundador da empresa, este vinho vai mais longe e constitui-se cada vez mais como uma referência da excelência, não só no que ao Alvarinho diz respeito, mas da própria região de Melgaço.

Nas notas de prova, que podem ser consultadas quer na publicação digital do «Guia Copo & Alma», quer no seu blog, Aníbal Coutinho caracteriza o Alvarinho QM Homenagem como um vinho «sucroso, glicerinado, glacial e salivante. Vinho de guarda e de mesas exigentes».

O fundador dos Prémios W refere ainda que este é um vinho de «cor média citrina. Fumado de tosta e rocha, especiaria apimentada, casca cítrica e lúcia-lima, pera».

Relativamente a esta distinção, Pedro Soares, Administrador Delegado da Quintas de Melgaço, refere que «este é um grande reconhecimento para a colheita de 2014, a mais recente deste vinho lançado no mercado. Deixa-nos especialmente orgulhosos ver que, num curto espaço de tempo, o produto conseguiu conquistar um lugar de referência junto da crítica».

Disponível nas principais garrafeiras e lojas gourmet do país, o Alvarinho QM Homenagem representa claramente o potencial dos vinhos produzidos pela Quintas de Melgaço, que apostam na elaboração de vinhos de excelência.

Estes resultam de uma política de produção que acompanha de perto cada um dos produtores em todas as etapas do processo, de forma a garantir a melhor qualidade das uvas.

No caso particular do QM Homenagem as uvas são cuidadosamente seleccionadas e posteriormente submetidas a um cuidadoso processo enológico, tendo estagiado seis meses em barricas de carvalho francês.

Com um perfil gastronómico bastante mais amplo que os tradicionais vinhos verdes brancos, o Alvarinho QM Homenagem 2014 está pronto a beber, mas os apreciadores que o guardarem em garrafeira entre três a cinco anos vão certamente encontrar boas surpresas em futuras degustações.