Quinta do Pôpa desafia amigos e famílias para um dia de vindimas no Douro

As vindimas começam em Setembro, ou até em Agosto se o tempo assim o determinar. A Quinta do Pôpa volta a convidar os visitantes do Douro a viverem um animado dia nas ‘Vindimas à do Pôpa’, partilhando desta que é uma experiência única e que marca o apogeu de um ano de trabalho árduo.

O programa mantém-se, mas este ano o desafio é outro: reúna um grupo de amigos e/ou familiares, entre 12 a 25 pessoas, e eleja uma data exclusiva. Será, sem dúvida, um dia diferente no qual as crianças, e também os animais de estimação, são muito bem-vindos.

Visitar o Douro nas vindimas é conhecer por dentro a alma do povo duriense. Nesta época do ano a região fervilha de actividade e no ar sente-se o aroma da uva. Erguida em pleno Alto Douro Vinhateiro, nos socalcos da encosta de uma das estradas mais belas do mundo, a Nacional 222, que liga a Régua ao Pinhão, a Quinta do Pôpa preparou um programa de um dia nas vindimas, ideal para conhecer e vivenciar todo o processo desta época – desde a colheita da uva ao início da vinificação –, junto do lavouro e conhecimento dos diferentes trabalhadores da Quinta.

Com os cachos prontos a ser colhidos, todas as mãos são bem-vindas. Além do corte das uvas e da pisa no lagar, o programa ‘Vindimas à do Pôpa 2015’ inclui prova de vinhos, almoço e, é claro, uma visita guiada para que fiquem a conhecer os “cantos à casa”, ou melhor, à adega, à cave e à garrafeira.

Do menu fazem parte a típica sopa de cebola; entradas frias (pézinhos de coentrada, rojões, salada mista e bacalhau com grão); pratos quentes de bacalhau e carne; e leite creme, tarte de maçã e fruta da Quinta à sobremesa. Sempre na companhia de vinhos com a assinatura da Quinta do Pôpa.

Um dia repleto de sensações e novos conhecimentos, disponível por €60,00 por pessoa. A marcação é obrigatória e deve ser feita com uma antecedência mínima de quinze dias, através dos contactos 924 382 643 ou rita@quintadopopa.com.

Programa ‘Vindimas à do Pôpa 2015’

10h30 Welcome drink e apresentação da Quinta do Pôpa
11h00 Passeio pela vinha com a explicação das diferentes castas, corte das uvas, acompanhado de cânticos tradicionais durienses, transporte das uvas para o lagar
13h00 Almoço tradicional em mesa corrida e ao ar livre, degustação de vinhos guiada pelos enólogos da Quinta do Pôpa
14h30 Visita à adega, sala de cascos e garrafeira
15h30 Pisa a pé nos lagares
16h00 Prova de vinhos comentada por enólogos da Quinta do Pôpa.