“Spirito diVino” destacou Herdade São Miguel como um dos dois melhores vinhos da Região do Alentejo

O vinho Herdade São Miguel, Reserva, colheita de 2011, foi um dos dois vinhos da Região do Alentejo eleito, na última edição da revista italiana “Spirito diVino”, como um dos melhores desta região de Portugal.

Classificado com um vinho de “elevada qualidade”, o Herdade São Miguel, Reserva, produzido pela Casa Agrícola Alexandre Relvas, foi destacado pela “Spirito diVino”, uma das mais prestigiadas publicações do sector vinícola, com 92 pontos.

Neste trabalho, que resultou da prova de mais de 200 amostras de vinhos portugueses, a “Spirito diVino” realçou 50 exemplos oriundos das regiões do Douro, Vinho Verde, da Bairrada, das Beiras e do Dão, do Ribatejo e do Alentejo.

O trabalho, realizado por três especialistas da revista e com cerca de 40 páginas, apresenta as características de cada região vitivinícola portuguesa, destacando quais os vinhos com maior qualidade.

A Casa Agrícola Alexandre Relvas prevê fechar o ano de 2015 com 4,1 milhões de garrafas de vinho produzidas. Durante o primeiro semestre de 2015, a empresa viu as suas vendas crescerem 20%, tendo atingido um volume de negócios na ordem dos 3,5 milhões de Euros.

Até ao final do ano, a prioridade estratégica continua a ser o mercado externo. Para além de consolidar a presença nos 30 países onde já se encontra, irá dedicar especial atenção ao mercado americano.

Com mais de 150 clientes espalhados por todo o mundo, a empresa produtora de vinho regional alentejano está presente nos mercados dos EUA, Brasil, Bélgica, Áustria, Alemanha, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Angola, China, França, Timor, Coreia, Japão, Moçambique, Cabo Verde, Namíbia e África do Sul, que equivalem a cerca de 70% da sua actividade.

A Casa Agrícola Alexandre Relvas tem oito gamas de vinho (Herdade São Miguel, Herdade da Pimenta, Ciconia, São Miguel Descobridores, Merino, Segredos de São Miguel, Insólito e Monte dos Amigos) à venda em mais de 15 mil pontos de venda.