Vinho verde Alvarinho de Monção e Melgaço vai ter rótulo próprio

Os produtores da Sub-Região de Monção e Melgaço (SRMM) vão poder usar uma rotulagem própria dos seus vinhos Alvarinho, que os distinga face aos que são produzidos na Região dos Vinhos Verdes.

O Alvarinho daquela Sub-Região poderá chegar ao mercado com a designação extra Premium, sendo esta uma das contrapartidas que produtores locais garantiram nas negociações sobre o alargamento da denominação daquele tipo de vinho a toda a região

A informação foi adiantada pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV).

Monção e Melgaço detêm o exclusivo da denominação vinho verde Alvarinho e os outros produtores reclamam o fim desse exclusivo.

É permitido plantar e produzir Alvarinho em toda a região, mas a menção da casta no rótulo ainda só é possível naqueles dois concelhos do Alto Minho. Fora daqui, o rótulo pode ter Alvarinho mas não pode ser identificado como Vinho Verde, tendo que ser identificado como Vinho Regional Minho.