Nove restaurantes com estrelas Michelin de Portugal e Espanha recebem festival gastronómico

Nove restaurantes distinguidos pelo guia Michelin recebem, ao longo do ano, dezenas de chefes de cozinha nacionais e internacionais, na sexta edição do festival gastronómico Rota das Estrelas, que pela primeira vez chega a Espanha.

Sob a forma de festival itinerante, a Rota das Estrelas percorre restaurantes de norte a sul do país, passando pela Madeira, e chega também à Galiza, em Espanha.

Cada um dos participantes recebe, no seu restaurante, pelo menos outros dois chefes galardoados e, em conjunto, preparam um menu “que enobreça os produtos nacionais e locais, num verdadeiro tributo à alta gastronomia”, divulgou a organização.

A estreia da edição deste ano deste roteiro gastronómico está marcada entre 13 e 17 de março, com o chefe Benoît Sinthon a receber no Il Gallo d’Oro (uma estrela Michelin), no Funchal, quase 20 chefes de cozinha portugueses e estrangeiros, oriundos de países como a Holanda, Espanha, França, Alemanha e Áustria, que vão participar na preparação de jantares de degustação e volantes, interagindo com o público. O programa inclui ainda ‘workshops’ de cozinha, provas de vinho, demonstrações culinárias e visitas de interesse gastronómico na região.

Entre 24 e 25 de abril, a Rota das Estrelas prossegue para o L’And, em Montemor-o-Novo, onde o chefe Miguel Laffan conquistou, nos últimos dois anos, uma estrela do “guia vermelho”.

Em maio, nos dias 15 e 16, é a vez da capital, com João Rodrigues a acolher os convidados no Feitoria, com uma estrela Michelin. Lisboa volta ao roteiro a 11 de setembro, no Eleven (uma estrela), comandado pelo chefe Joachim Koerper.

Nos dias 17 e 18 de setembro, é a vez do restaurante As Garzas, com uma estrela, na Corunha (Espanha), onde o anfitrião é Fernando Agrasar.

Em outubro, o restaurante Pedro Lemos, do chefe com o mesmo nome, estreia-se na participação na Rota das Estrelas, depois de ter conquistado a sua primeira estrela na edição de 2015 do guia.

No mesmo mês, no dia 17, o festival viaja até Amarante e para o Largo do Paço, onde Vítor Matos tem assegurado uma estrela Michelin.

A 06 e 07 de novembro, é a vez de o The Yeatman (uma estrela) e o chefe Ricardo Costa receberem os convidados, em Gaia.

O festival fecha a 13 e 14 de novembro, com Vincent Farges na Fortaleza do Guincho (uma estrela Michelin), em Cascais.